Translation language

Total de visualizações de página

Follow by Email

quarta-feira, 28 de abril de 2010

Pedras.


Tenho pedras nas mãos,
Pés firmes no chão,
Caminhar lento,
Mente solta ao relento,
Não pretendo duelar com moinhos de vento sozinho,
Carrego pedras, apenas para marcar meu caminho...

Raquel Luiza da Silva.

2 comentários:

  1. Hola, jovencisima poeta, encantado de saludarte. Gracias por el comentario que dejaste en mi blog. Eres muy amable.
    Me gustan tus poesías, seria hermoso poder escuchar tu voz recitando alguna.

    Uun saludo cordial. que seas feliz siempre.

    ResponderExcluir
  2. Belo poema. Mostra a consciência de "onde chegar' e 'como chegar',sabendo das dificuldades(pedras) no caminho.Parabéns, Raquel. Bjjoss, Ari

    ResponderExcluir