Translation language

Total de visualizações de página

Follow by Email

quinta-feira, 22 de abril de 2010

Caminho...


Se me disserem que o caminho é esse, não o irei seguir,
Gosto de ir contra o vento,
Contra o tempo,
Fazendo meus caminhos,de pedras, de ventos,
Se apontarem para aquela direção,
Pode ser que eu vá,
Pode ser que eu não vá,
Talvez espere alguém vindo de lá,
E se me apontarem um caminho...
Vou-me para qualquer lugar,
Num profundo desejo,
Num eterno relaxo,
Sempre em algum canto me acho,
Caminhando, parando,
Seguindo cantando,
Fazendo uma canção só minha,
Falando do vinho, da vinha,
E se me apontarem um caminho...
Seguirei sozinho,
Falando de gente,
Falando da gente,
Em tempos frios,
Em tempos quentes,
Levando na mochila um mapa e uma garrafa de tequila,
Coisas de muitos, coisas só minha,
E assim vou seguindo,
Falando e calando,
Chorando e sorrindo...
E se me apontarem um caminho...
Deixarei que sigam seus destinos,
Pois gosto de ser caminho,
De viajante sozinho.

Raquel Luiza da Silva

Nenhum comentário:

Postar um comentário