Translation language

Total de visualizações de página

Follow by Email

segunda-feira, 26 de abril de 2010

Dois lados.


Para tudo na vida haverá uma versão,
Dois lados que caracterizem a razão,
Haverá sempre um réu e um juiz,
Alguém para contradizer o que se diz,
Haverão sonhos e desilusões,
Transformando assíduos desejos em meras ilusões,
Toda moeda terá dois lados,
Assim como a opção pelo certo e o errado,
Para tudo na vida haverá uma versão,
Amores da mente,
Amores do coração,
A raça mais forte a sobrepujar a mais fraca,
Alguém que morre, alguém que mata,
Dois lados que caracterizem a razão,
Uns que ficam, outros que vão,
Haverá sempre um réu e juiz,
Diante da dama de moralidade e da meretriz,
Alguém para contradizer o que se diz,
Julgando-se pleno ou infeliz,
Haverão sonhos e desilusões,
Carregados em velhas páginas ou em valorosos brasões,
Transformando desejos em meras ilusões,
Dedos da incerteza, faces de contradições,
Toda moeda terá dois lados,
Homens que denunciam, homens calados,
Amores da mente,
Coisas que parecem e não se sentem,
Amores do coração,
Coisas que sufocam qualquer vã pretensão,
A raça mais forte a sobrepujar a mais fraca,
Apenas perpetuando a raça,
Alguém que morre alguém que mata,
Não se sabe se é o certo ou se é uma falha,
Tudo se encontra como numa fervorosa batalha,
Tendo dois lados que tudo ou nada se espera,
Faces diferentes dividindo a mesma moeda.

Raquel Luiza da Silva

Nenhum comentário:

Postar um comentário