Translation language

Total de visualizações de página

Follow by Email

quinta-feira, 20 de dezembro de 2012

Boas festas.







E então mais um ano caminha para o fim...
Tudo aconteceu,
Tanta coisa boa,
Algumas nem tanto,
É hora de erguer a cabeça, secar o pranto.
O caminho poderá ser mais árduo, ou não,
Mais tranquilo, ou não,
Mais triste, ou não...
Enfim, que seja caminho,
Que seja promissor mesmo quando não houverem oportunidades,
Que seja grandioso mesmo que as forças acabem-se.
Que seja caminho...
Que tenha sabor de vitória,
Que tenha cheiro de luta,
Que tenha a harmonia da tranquilidade,
Que tenha a certeza do dever cumprido.
E que o próximo ano, seja cheio de certezas,
Que traga os acertos que deixaram de ser cometidos nesse que vai-se,
Que traga-nos a visão de tantos sonhos que ficaram pelos armários,
Que abra-se como doces momentos que ficaram apenas na inspiração.
Enfim,
Que esse novo ano seja um novo começo,
Uma nova oportunidade,
Uma releitura de nosso atos,
Que traga bons ventos...
E que todos os nossos passos sejam iluminados,
Que esse novo ano, tenha a força e a beleza que rege nossos anseios.
Que possamos brindar por tudo que conquistamos nesse velho que vai-se,
E que o anúncio do novo seja a renovação em nossas vidas.


À todos vocês que fizeram-se presença em meu blog, meu muito obrigada e tudo de bom!!!

Raquel Luiza da Silva.

sábado, 1 de dezembro de 2012

Entrelinhas;


Existem almas esculpidas em minhas palavras,
Por vezes chorosas,
Por vezes cantantes,
Por vezes que amam,
Por vezes silenciosas...
E cada uma vive em seu pequeno espaço,
Dou-lhes vida,
Dão-me relatos.
E não há tempo que as defina,
Não há momento que as prenda,
Estão por essas entrelinhas, caminhando por suas fendas...
Cheias de sentimentos,
Vazias, sem que ninguém as compreenda.
E cada alma que vive nessas linhas,
Deixam de si um pouco,
Ou nada...
Somente definem-se quando aos olhos deixam de ser palavras.


Raquel Luiza da Silva.