Translation language

Total de visualizações de página

Follow by Email

quinta-feira, 18 de março de 2010

Preciso de um pouco de tempo


Preciso de um pouco de tempo para entender o que quero da vida,
Preciso de um pouco de tempo para ter tempo de encontrar uma saída,
Buscar ou até mesmo imaginar coisas boas,
Coisas boas para minha estadia,
Estadia nessa terra que um dia se encerra,
E se encerra como toda história,
Que se perde ou se guarda na memória,
Memória esta que preserva tantos arquivos,
Arquivos mortos e arquivos vivos,
Vivos estão ao meu redor,
Toda espécie humana,
De gente que cura, de gente que sangra,
Sangra sentimentos, sem atirar o corpo á vala,
Vala que se abre para corpos, e para almas,
Almas que nunca aprenderam a doar,
Doar tempo, doar sentimento, aprender á amar,
Amar é uma questão de consciência,
Não apenas de coração,
Coração para e as vezes morre,
Mas os atos ficam e nunca se destorcem,
Destorcem histórias, destorcem palavras...
Mas nunca o que a alguem marca,
Marca que fica,cresce,
Coisa que não se explica,
Explica ao mundo o que vem lá do fundo,
Fundo do peito,
Não a carne que morre,
Mas o sentimento que sempre se descobre,
Descobre e transforma vidas,
Vidas sedentas, vidas feridas,
Feridas que saram com tal balsamo precioso,
Mostrando para mim que o tempo é algo caro e valioso.

Raquel Luiza da Silva

Nenhum comentário:

Postar um comentário