Translation language

Total de visualizações de página

Follow by Email

sábado, 27 de março de 2010

Amigo


Estar junto sem desejar a carne,
Amar sem segundas intenções,
Ter companhia sem desejar um corpo ao findar do dia.
Andar junto sem exigir nada em troca,
Chorar, sorrir, deixar partir...
Sentir calor,
Falar de si, de amor...
Sentir saudade,
Daquela que mata,
Ouvir a chuva a tamborilar seus dedos invisíveis na vidraça,
Ouvir a doce voz dizendo que não há motivos para medos, pois tudo passa,
Sorrir sem censura,
Dançar na praça, na rua,
Descobrir a vida assim, bela, nua e crua,
Precisar, entender, desabafar...
Esperar que chegue,
Contar como foi aquele esperado beijo,
Ouvir com atenção alguma observação,
Magoar as vezes,
Dizer que desejaria que nunca aqui estivesse,
Voltar atrás, saber que nunca é tarde demais...
Partilhar sonhos ainda que enfadonhos,
Precisar de abrigo, abraço, sorriso...
E então o mais eterno e sincero,
Quando se descobre o quanto é feliz quem tem um amigo.

Raquel Luiza da Silva

Nenhum comentário:

Postar um comentário