Translation language

Total de visualizações de página

Follow by Email

quarta-feira, 10 de março de 2010

Querido diário... (Primeiro amor)


Hoje notei que você tem belos olhos que me fascinam,
Que cada gesto seu me completa,
Me encanta me deixa repleta...
Repleta de um sentimento que até então não conhecia,
Algo meio relutante entre o normal e a magia.
Notei que você está diferente...
Ou eu estou diferente?
Não sei se me entende,
Mas é algo que me assusta,
Complicado,
De dimensões absurdas.
Sinto ciúmes se alguma garota está com você,
Uma coisa, incontrolável, sem querer.
E então choro sozinha,
Com medo que alguém me veja e me ache idiotinha.
Então resolvi escrever em meu diário,
Depois o tranco no armário.
Para ninguém saber que ando caidinha por você.
Desenhei flores coloridas,
Mas o fiz escondida.
Até me imaginei como sua bela adormecida,
E que me acordavas com um beijo,
Claro, ficará também em segredo.
Sei que vou te ver amanhã na escola,
No intervalo,
Como todo menino á correr atrás de uma bola.
Sei que não vai me notar,
Já havia me esquecido, você me tem como amiga,ou coisa do tipo.
E vou voltar a desabafar com meu diário,
Aquele que sempre tranco no armário,
Coisas que ninguém pode saber,
Coisas do meu coração.
Do tipo...Amo você.

Raquel Luiza da Silva

Nenhum comentário:

Postar um comentário