Translation language

Total de visualizações de página

Follow by Email

quinta-feira, 8 de outubro de 2009

Corta!


Corta!Corta!Corta!

Seria muito bom se pudéssemos fazer isso em certos momentos em nossa vida, porém já imaginou como seria a vida com cortes?

Creio eu que a beleza e o gostinho bom da nossa existência nessa terra está na conquista de cada dia, no saber lidar com as situações mais complexas e no final respirar aliviado e "saborear" cada pedacinho de nossa vitória.

Não é masoquismo acreditar que após uma má fase se tornará melhor á frente, como pessoa e estrategista, e também é um ótimo apurador de capacidades, onde se descobre até onde cada um pode chegar, tem gente que desiste, tem gente que persiste, cada caso é um caso, quem é que nunca pensou em gritar:_Corta!Corta!Corta!_ Em algum momento da vida quando as coisas não vão bem?

Nada nesse mundo é perfeito, nada é e nem será sempre acertos, cortar o que não vai bem é a maneira mais clara de mostrar-se impotente diante de algum problema e creio eu que todos nós em algum momento de nossa vida já nos sentimos assim.

Temos que entender uma coisa,encarar a vida como um grande palco, onde existe uma platéia apreensiva diante de nossos atos, críticos de todas as formas, contra regras...E grandes cortinas que se abrem e onde encenamos nossas peças, tão reais quanto qualquer outra coisa, então, só temos que encarar cada trechinho, explorar nosso talento e dar o melhor de nós, porque não se é possivel gritar:Corta!Corta!Corta! E simplesmente encerrar o que não está bem, criar "anticorpos" contra maus momentos é um grande desafio, mas nada impossível, porque nós, somente nós, podemos dar impulso á nossa apresentação, por isso não espere que as cortinas se fechem para concluir o valor de sua força e para perceber que a adversidade não é nada mais que um severo diretor que te fará dar o melhor de si e se der vontade de gritar:Corta!Corta!Corta! Erga a cabeça, respire fundo e diga: Eu posso seguir, alcançar meus objetivos, sou mais que vencedor(a) acredito em Deus e em minha capacidade.

A vida sem cortes é a perfeição a ser alcançada.


Raquel Luiza da Silva.






Nenhum comentário:

Postar um comentário