Translation language

Total de visualizações de página

Follow by Email

segunda-feira, 24 de maio de 2010

Perfeita ignorância


Falta paz, faltam acordos,
Pequenas vidas são interrompidas em abortos,
O homem se diz imagem e semelhança de Deus,
Mas onde Deus no homem se esconde?
Existem bocas que gritam,
Existem barrigas vazias, cheias de fome,
O absurdo se abre diante dos olhos,
A ignorância repugnante dos governantes nos acolhe,
E dizem que somos iguais,
Uns ricos,outros pobres demais...
Somos imperfeitos em nossa perfeita ignorância,
Onde não aprendemos a ver o mundo com os olhos de crianças,
E gritam em nós tantas vozes caladas,
De almas dilaceradas,
Pelo toque de mãos armadas,
E temos nome,
E somos racionais,
Mas agimos como animais,
Bebemos o sangue do mundo,
Temos nas mãos o fim mais profundo,
Vendo nossa iminente destruição,
E por que motivo?
E por que razão?
Temos alma, mas perdemos o coração,
E quando vemos a morte, nos tornamos irmãos,
Dizemos que somos imagem e semelhança de Deus,
Mas Dele não herdamos a perfeição.

Raquel Luiza da Silva.

Nenhum comentário:

Postar um comentário