Translation language

Total de visualizações de página

Follow by Email

terça-feira, 4 de outubro de 2011

Canção muda.





Trago nas mãos apenas um punhado de dedos cansados de dedilharem teclas mudas,
Dando vida a palavras surdas,
Que esgotam suas vertentes sentimentais por ai...
Tão cheias do humano tocável,
Na vastidão desse mundo interior revestido de eus,
Ora criando,
Ora morrendo,
Ora construindo,
Ora destruindo o que foi criado,
Numa profecia inconstante e silenciosa,
Tão real,
Tão invisível quanto o ar que invade as narinas e me possui,
Trago nas mãos apenas um punhado de dedos cansados,
Dedilhando o imaginário de uma mente que não dorme,
Perdendo-se num emaranhado de vidas e desejos,
Como se o mundo parasse ao me ouvir dedilhar tais teclas...
...Mudas, dando vida a palavras surdas.


Raquel Luiza da Silva.

Nenhum comentário:

Postar um comentário