Translation language

Total de visualizações de página

Follow by Email

quinta-feira, 15 de julho de 2010

Coisas Simples.



Gosto da simplicidade das coisas,
As nuvens a formarem fofas figuras no céu,
A poeira que sobe na estrada após a passagem da boiada,
O doce sabor da manga madura,
A criançada á brincar na rua,
As andorinhas a voarem no final da tarde,
A saudade de algo que não sei, mas me invade,
O desenho no vapor do espelho,
A cabeça baixa na hora de ouvir um conselho,
A musica tocada várias vezes,
Imaginar que alguém aqui esteve,
E se esteve foi-se para ficara para sempre na lembrança,
Coisa de gente grande, coisa de criança,
Por isso gosto da simplicidade das coisas,
É como escrever por intermináveis horas usando apenas uma folha,
É descobrir que coisas simples sempre trazem um quê de saudade,
Daquela que vale a pena parar o mundo quando nos invade,
Porque é uma saudade boa, do tipo que a gente não enjoa,´
É aquela saudade de gente grande, de criança...
Que fica no cantinho do peito, transformada em lembranças.

Raquel Luiza da Silva.

Nenhum comentário:

Postar um comentário