Translation language

Total de visualizações de página

Follow by Email

terça-feira, 10 de maio de 2011

Palavras sou eu.


Tenho um punhado de palavras nas mãos,
Estilhaços das coisas do coração,
Sempre controlam meu lado sentimental,
Tão visíveis, tão normais,
Brincam de serem sentimentos,
Sem dores sem tormentos,
Se são tristes esmeram-se por não chocarem,
Se são alegres esmeram-se por não falsearem,
E por vezes penso que tais palavras sou eu,
Toque divino, mãos de um deus,
Presas numa folha sem fronteiras,
Num mundo de divisas inteiras,
Atravessando os olhares que sobre elas pousam,
Ou sobre mim repousam,
Sou palavras,
Palavras sou eu,
Toque divino, mãos de um deus.

Raquel Luiza da Silva.

3 comentários:

  1. Perguntaste por mim?! olha estou aqui só para ti!
    Também tenho um punhado de palavras para te dizer quando nos virmos! Amo-te. Beijos amor

    ResponderExcluir
  2. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir