Translation language

Total de visualizações de página

Follow by Email

terça-feira, 17 de abril de 2012

Mundo que sou.

Se o meu sussurro perturbar teu coração,beije-me.
Se minhas lágrima incomodarem teu orgulho abrace-me.
Se meu silêncio agredir tua consciência,cante para mim.
Se meu sorriso nada disser, complete-me.
Se meus sonhos forem tão abstratos quanto meus pensamentos, reinvente-os.
Se meu olhar se perder na amplidão do espaço, dê-me um foco.
Se eu parar, reanime-me.
Se eu desistir, incentive-me.
Se eu me perder, encontre-me...
Mas não diga nada diante de minhas palavras,
São o silêncio que abraça o universo que sou,
O grito que traz á tona o meu coração que pulsa,
Sou eu,límpida, pura...
Tão capaz de morrer e numa ressurreição inesperada tocar os céus,
Sou eu,
Tão fugaz,
Tão voraz...
Nessa transformação fingida,
Oculta,
Imoral,
Real...
Apenas ouça-me sem questionar,
Palavras que me fazem,
Desfazem-se...
Nesse mundo de sentimentos crentes e ateus...
Nesse mundo que sou eu...


Raquel Luiza da Silva.

Nenhum comentário:

Postar um comentário