Translation language

Total de visualizações de página

Follow by Email

quarta-feira, 9 de março de 2011

Traços.


Tenho a eternidade contida nos traços deixados pelo tempo,
Outrora queria eu que tudo tivesse a duração de algo que adormece,
Tão pouco sólidos eram meus anseios,
Tão pouco verdadeiras minhas vontades,
Tudo a caminhar como se o percurso se acabasse na próxima esquina,
E então eu passei a pisar mais firme no chão,
E a transpor esquinas sem temer que o fim estivesse logo a frente,
E as marcas desse tempo, passaram não mais a me incomodarem,
Se tornaram minha maquilagem diária, cheia de histórias,
Incontidas verdades.


Raquel Luiza da Silva.

Nenhum comentário:

Postar um comentário