Translation language

Total de visualizações de página

Follow by Email

quarta-feira, 1 de setembro de 2010

Construir.


Durante bom tempo na minha vida marquei meus caminhos com "pedras", para um dia poder voltar atrás sem perder o que em algum momento havia deixado e segui...
Quando para fugir do momento presente resolvi voltar, não haviam mais "pedras", mas sim vários castelos,sólidos e maravilhosos ao longo daqueles caminhos...
Então descobri que:
1:Voltar atrás num momento para fugir de outro é perda de tempo.
2:"Pedras" quando bem usadas são bens preciosos.
3: Eu tinha apenas caminhos enquanto os outros ergueram seus castelos usando tantas "pedras" que os feriram de alguma forma em algum momento.
5: Que apenas seguir quando se devia persistir era apenas alongar um caminho que sempre daria no nada.
6:Que a construção de um mundo ou de tantos mundos é feita por mãos que se calejaram ao longo do tempo e que mesmo cansadas sabiam do trabalho que deviam concluir.
7: Os caminhos não devem ser marcados, cada aprendizado é próprio de um momento e esse momento quando acabado não deve ser trazido á tona como algo novo.
8: Deixar marcas para voltar quando devia construir ou reconstruir era a mais visivel forma de abandonar a mim mesma ao fracasso.
9: Os caminhos e o tempo sempre serão associados no amadurecimento.
10: Perder-me as vezes para construir uma vida é necessário para que "pedras" não sejam apenas tropeços e o lado ruim do que me cerca,mas possam estar presentes nos alicerces dos vários castelos que almejei erguer ao longo de meus caminhos.

Raquel Luiza da Silva.

2 comentários:

  1. Que bom Rodrigo!
    Fico feliz que minhas palavras tenham transmitido algo de valor a alguém.

    ResponderExcluir