Translation language

Total de visualizações de página

Follow by Email

sábado, 9 de julho de 2011

Tempo perdido.

Embora o tempo corra, não me arrasta consigo,
Trago atado nos pés todo um tempo perdido,
Tal peso de horas mortas,
Contadas de forma que não tenho aprendido,
Porque o tempo corre e não me arrasta consigo?
Porque trago atado nos pés todo um tempo perdido.



Raquel Luiza da Silva.



Ps: Lógica?
Ora, eu não preciso disso!

4 comentários:

  1. Tem coisa que o tempo só deixa mais pesado, assim como o fungo nas asas dos mosquitos velhos...abraços!

    ResponderExcluir
  2. Não se preocupe, tem coisa que o tempo mesmo traz. Parcimônia, porque a bonança vem.

    ESTOU A SEGUIR :D
    Volto sempre.

    Também tenho um lugarzinho assim :
    www.misturadinamica.blogspot.com
    Ficarei contente em te receber por lá

    ResponderExcluir
  3. O tempo me arrasta para frente e eu tento empurrá-lo. E assim a gente vai indo...


    --
    Eduardo da Rocha Vieira
    http://leio.me

    ResponderExcluir
  4. Obrigada Edu, Jana e Eduardo pela visita.
    Voltem sempre!

    ResponderExcluir